Por Elizangela Jubanski e Djalma Malaquias

Uma perseguição na Estrada da Ribeira, Colombo quase limite com Curitiba, na manhã desta segunda-feira (16) teve uma cena típica de filme de ação. O suspeito, que dirigia um carro roubado, abriu a porta veículo – ainda em movimento – e se jogou no chão para tentar se livrar da polícia. Enquanto ele rolava em um matagal, o carro colidiu violentamente contra um poste e partiu ao meio.

A ação do bandido começou ao lado de um comparsa que foi preso na primeira troca de tiros próximo a Unidade de Pronto-Atendimento Alto Maracanã, por volta das 6h30. Com outro carro roubado, um Agile, esse comparsa trocou tiro com os policiais acionados para a situação e acabou preso.

O suspeito que estava em uma Parati com placas clonadas conseguiu fugir e foi perseguido pela polícia. O cabo Ranufo da Polícia Militar de Colombo confirmou que a cena foi de filme. “Esses dois estavam com carros roubados e quando viram a viatura começaram a atirar contra a gente. Pedimos apoio de outra equipe e o primeiro foi detido. Nós, praticamente, demos de cara com essa Parati e numa certa altura o cidadão pulou do carro e o veículo abraçou o poste. Em 25 anos de polícia é que a primeira vez que eu vejo uma coisa como essa, uma cena impressionante”, descreveu.

Com o carro em movimento, o suspeito se jogou e sumiu. O carro ficou completamente destruído ao colidir contra um poste. Policiais fizeram buscas na tentativa de localizá-lo, mas até o fechamento da reportagem não havia nenhuma pista. Os hospitais da região estão sendo monitorados. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) foi acionada para comparecer até o local.