Uma clínica de estética que funcionava no município de Castro, nos Campos Gerais do Paraná, foi interditada. Entre as irregularidades encontradas estão a falta de formação profissional da responsável e a ausência de licença sanitária do estabelecimento comercial.

clinica interditada castro
Foto: CRBM6

A fiscalização aconteceu após o recebimento de uma denúncia de suposto exercício irregular da profissão de biomedicina. A ação conjunta envolveu o Conselho Regional de Biomedicina do Paraná 6ª Região (CRBM6) e a Vigilância Sanitária de Castro.

“Verificamos que a diretora da clínica não tem formação profissional e nem as competências necessárias para realizar procedimentos estéticos com segurança. Ela tem apenas cursos livres, mas sem graduação e sem habilitação; o que contraria as normas legais”, explica o presidente do CRBM6, Thiago Massuda.

De acordo com a entidade, a responsável da clínica fazia menção nas redes sociais que prestava serviços voltados na área da Biomedicina Estética, mas não tinha a formação superior exigida por lei. Por isso, recebeu auto de infração.

Nos últimos dois anos, o Conselho Regional de Biomedicina do Paraná realizou 673 fiscalizações em 53 municípios de diferentes regiões do Estado.

“Ao todo, 460 estabelecimentos comerciais foram inspecionados e 336 autos de infração foram aplicados. Ao longo do mesmo período a entidade recebeu 247 denúncias”, destaca Thiago Massuda.

Ao realizar as fiscalizações com o apoio dos órgãos locais de vigilância sanitária, do Ministério Público e da Polícia Civil do Paraná, o CRBM6 atesta que os biomédicos e as empresas vistoriadas agem dentro da lei e cumprem as normas legais estipuladas. Para a sociedade, o benefício é a certeza de que as regras são exigidas, verificadas e cumpridas.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Clínica de estética é interditada por funcionar de forma irregular no Paraná

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.