Por Elizangela Jubanski e Roberto Romanowski

bar-boqueiraoFamília estava em choque com a morte da vítima. Foto: RR/Banda B

O dono de um bar no Conjunto Eucalipto, bairro Alto Boqueirão em Curitiba, foi executado na noite desta segunda-feira (3). Amilton Ribeiro, de 49 anos, estava dentro do bar quando foi surpreendido por homens que chegaram em uma motocicleta. O crime aconteceu às 23h10. Nenhum cliente foi ferido.

O bar fica na rua Salvador Evangelista esquina com a rua Wilson Dacheux Pereira. Segundo testemunhas, dois homens armados encostaram uma motocicleta em frente ao bar e entraram no local, ainda de capacetes – na tentativa de não serem reconhecidos. A dupla e a vítima não discutiram. Ribeiro foi atingido com cerca de quatro disparos de arma de fogo. O Siate foi acionado, mas ele morreu na hora. No momento do crime, tinham cerca de quatro clientes no bar, que não foram atingidos. Houve correria durante os disparos.

No local, a família contou que o dono do bar já esteve preso durante 15 anos por roubo. De acordo com o delegado Fábio Amaro da Homicídios, o homem morava há apenas cinco meses naquele bairro e a desavença pode ter ocorrida no local onde morava antes.

“Pelo menos duas armas foram usadas no crime, foi uma execução. Ele morava na Cidade Industrial e lá pode ter acontecido a desavença”, contou à Banda B.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba e a DH investiga o caso.