Cerca de 90 membros do PCC (Primeiro Comando da Capital) fugiram na madrugada deste domingo (19) de uma prisão em Pedro Juan Caballero, no Paraguai, de acordo com a imprensa do país.

 

A facção brasileira tem forte atuação no tráfico de drogas no país vizinho.

De acordo com a mídia paraguaia, os detentos fugiram por um túnel que liga um dos pavilhões, voltados a presos da facção criminosa brasileira, à área externa da prisão.

A ministra da Justiça local, Cecilia Pérez, ordenou a destituição do diretor da penitenciária e de outros funcionários. “É categórico que houve corrupção”, disse Cecilia à rádio ABC Cardinal.

Em uma das celas do presídio foram encontrados cerca de 200 sacos de terra, retirada para que o túnel fosse feito.
Jornais do país afirmam também que a Polícia Federal brasileira também foi avisada.