Caseiro foi morto com diversos golpes de facão ou machado. Foto: DS/Banda B

 

O caseiro de uma chácara em Balsa Nova, na região metropolitana de Curitiba, foi encontrado morto dentro de casa, na noite desta quarta-feira (12). Ezequiel Wiskevoski, 55 anos, tinha ferimentos por arma branca e estava morto há pelo menos um dia e meio. A Polícia Civil acredita que o suspeito pela morte dele é uma pessoa próxima.

Os proprietários notaram a ausência do caseiro e foram até a chácara, que fica na Estrada da Cachoeira, na noite de ontem. Eles encontraram o homem caído ao lado do fogão a lenha, com diversos ferimentos pelo corpo. A Polícia Militar (PM) foi até a chácara e acionou a Civil. Um machado ou um facão foram usados no crime.

O perito Edimar Cúnico, da Criminalística, acredita que ele foi morto por alguém conhecido. “Diferente de muito crime, aqui é um senhor, um homem mais velho, que estava conversando, provavelmente, com alguém que ele conhecia, não houve arrombamento na casa. Mas, por algum desentendimento, ele levou quatro golpes de facão ou machado”, descreveu.

Entre os golpes, um chegou a fraturar o braço do homem. “Foram golpes muito fortes, um quebrou o braço, outro chegou a expor parte do cérebro. Não foi um local de briga, foi um desentendimento com desfecho rápido”, completou.

Para a família, que estava no local, a motivação pode ter sido passional. O caso seguirá investigado pela Delegacia de Polícia Civil de Campo Largo.