Por Felipe Ribeiro

Por mais de dois meses, um casal vinha se preparando para ter uma sexta-feira, 29 de abril, especial em Curitiba. Assim que souberam da possibilidade de participarem de um casamento coletivo na Arena da Baixada, não perderam tempo e se inscreveram para concretizarem a união que já gerou dois filhos. Tudo estava bem até uma ação de criminosos na tarde do tão esperado dia, que resultou no furto do carro do casal, com as roupas que seriam utilizadas na cerimônia dentro.

À Banda B, a noiva Neuristran Silva Ribeiro contou que estava com o casal estacionou o carro próximo ao Terminal Capão Raso e entrou no Shopping Popular, mas quando retornou não encontrou o veículo. “Não esperávamos isso, ter de ir até a delegacia num dia desses. Felizmente conseguimos outras roupas com o pessoal do meu trabalho e não vamos perder o momento”, disse.

As únicas coisas que o casal conseguiu salvar foram as alianças, uma vez que não as deixaram dentro do veículo. “Vamos esperar agora, ver se a polícia consegue recuperar os veículo. Vestido, roupas das crianças, foi tudo”, lamentou.

O casamento coletivo deste 29 de abril, é voltado uma população vulnerável economicamente e faz parte do programa Justiça no Bairro. O crime ocorreu na Avenida República Argentina e policiais militares já realizam buscas para tentar encontrar o veículo.

O veículo levado é um Logus bege, placa DOC-3566. A Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) investiga o caso.