Luana Graciele Toler, 34, e Eleandro de Oliveira, 35, foram mortos e encontrados no porta-malas de um carro em chamas. Foto: Reprodução/Montagem: Banda B

 

O casal encontrado carbonizado dentro do porta-malas de um Fiat  na noite deste domingo (29) próximo às obras da Rodovia João Leopoldo Jacomel, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba era namorado. Luana Graciele Toler, 34, e Eleandro de Oliveira, 35, foram identificados oficialmente pelo Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba. Eles eram namorados e a família está em choque com o crime.

A polícia chegou até os corpos depois que vizinhos notaram que um carro estava incendiado em um terreno baldio, no Jardim Bela Vista. Já com as chamas controladas pelo Corpo de Bombeiros, os corpos estavam no porta-malas, enrolados a um cobertor. Segundo o delegado Ari Nunes Pereira, o Fiat Uno, modelo 147, não tinha alerta de roubo, nem furto. “Dependemos de informações para que a polícia comece a investigar e chegar aos autores desse crime. O casal estava dentro do porta-malas e há indício de ter sido baleado”, disse à Banda B.

Luana era professora de uma escola particular de São José dos Pinhais. Amigos e colegas de trabalho também estão estarrecidos com o crime. A Polícia Civil vai iniciar as oitivas com os familiares das vítimas para traçar linhas de investigações.