(Foto: Arquivo pessoal)

 

Um casal de cisnes brancos foi furtado por ladrões que invadiram uma chácara em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, no começo desta semana. Segundo o dono das aves, Rubens Arns Neumann, os bandidos agiram de forma discreta e fugiram sem deixar rastros. Em busca pelos animais, a família está oferecendo uma recompensa de R$ 3 mil para quem tiver informações que levem ao paradeiro dos dois.

“Na segunda-feira, os cisnes estavam lá normalmente e na terça sumiram. Os ladrões cortaram a tela do local onde eles ficavam e fugiram. Eles provavelmente já andaram por aqui antes, já conheciam o lugar”, disse Neumann em entrevista à Banda B.

Ele explicou ainda que as aves furtadas são extremamente raras e sensíveis. Elas precisam de um ambiente calmo e alimentação especial, não sobrevivem muito tempo sem água e podem morrer facilmente se estressadas. “Elas não são brasileiras, são do exterior. E são raras porque levam quatro anos para botarem ovos e, quando botam, são apenas três ou quatro. É bem difícil se reproduzirem… E agora que eles estavam conseguindo, acabaram sendo furtados”, completou.

Segundo Neumann, todos os familiares ficaram bem tristes com o ocorrido, já que os cisnes estavam com eles há 11 anos. “Os meus filhos são super apegados a eles. Por isso estamos buscando ajuda da maioria das pessoas que pudermos”, finalizou.

Por serem aves exóticas, o crime de furtá-las é inafiançável. Os donos registraram Boletim de Ocorrência (B.O.) sobre o caso. Quem tiver informações pode entrar em contato com a Polícia Militar pelo 190 ou Delegacia de Campo Largo pelo (41) 3291-6100.