Por Elizangela Jubanski e Roberto Romanowski

morto-carroVítima era explosiva, de acordo com família. Foto: RR/Banda B

Um jovem de 29 anos foi assassinado na noite desta quinta-feira (14), na rua Antônio Esperanceta, em Campina Grande do Sul, na região metropolitana de Curitiba. Carlos Wagner Esperanceto levou três tiros e não resistiu aos ferimentos. O atirador fugiu.

Segundo policiais do 22º Batalhão da Polícia Militar, um Gol de cor escura emparelhou com uma a Montana, que estava sendo dirigida pela vítima, e abriu fogo contra ele que morreu na hora. Testemunhas disseram terem ouvido cerca de seis disparos – três deles atingiram o rosto de Carlos.

A família contou aos policiais que a vítima morava na Estrada do Corredor, bem próximo de onde ocorreu o crime. Ainda, eles disseram que o rapaz não tinha envolvimento com drogas ou ilícitos. Em depoimento, familiares disseram que Carlos tinha temperamento explosivo. O atirador fugiu e a polícia ainda não sabe a identidade deles.

O soldado Miranda do 22º Batalhão da Polícia Militar, confirmou a versão da família à Banda B. “A família disse que ele era meio explosivo, mas que nunca tinha se envolvido com ilícitos. Uma testemunha viu, mas não sabe precisar em quantos eles estavam”, contou. As investigações serão feitas pela Delegacia de Campina Grande do Sul.