Foto: Flávia Barros – Banda B

 

A Polícia Civil encontrou, na última sexta-feira (8), o carro do empresário que foi assassinado dentro de casa no bairro Campo Comprido, em Curitiba. Jorge Luis Pereira, de 64 anos, atuava na construção civil e foi encontrado morto, com as mãos e pés amarrados, na tarde de quinta-feira (7).

De acordo com o delegado Marcelo Magalhães, alguns indícios apontam para um possível latrocínio (roubo seguido de morte) contra o empresário. “Temos algumas linhas, mas ainda é cedo para afirmar que o caso se trate de um latrocínio. Pode ser um caso de extorsão ou até mesmo de execução. É um caso gravíssimo, com sinais de invasão, e que já passamos a analisar”, comentou.

O veículo foi encontrado no bairro Seminário, mas os investigadores acreditam que apenas tenha sido utilizado para a fuga. “O fato de terem levado o carro, não nos parece o fator da morte”, completou Magalhães.

O crime

Jorge Luis Pereira foi encontrado morto na tarde de quinta-feira (7). Ele era sócio de um empreendimento, que está em fase de conclusão, vizinho a sua residência. O assassinato aconteceu na Rua Lourenço Bizinelli e quem encontrou o corpo dentro da residência foi a esposa da vítima.

Como o alarme do condomínio foi danificado, acredita-se que os bandidos possam ter entrado na residência por ali.