Redação

Um capitão da Polícia Militar (PM) foi parar na delegacia no dia 31 de dezembro na Ilha do Mel, no Litoral do Estado. O oficial foi flagrado com um dichavador, aparelho usado para preparar o cigarro de maconha e 53 gramas da substância. Ele é lotado em um batalhão que fica em Curitiba, assinou Termo Circunstanciado (TC) e foi liberado.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a denúncia era de que uma mulher estava sendo arrastada próximo a uma trilha, na Vila do Farol. Quando policiais iniciaram o patrulhamento, viram um homem sentado em um banco, na trilha que fica atrás do Instituto Ambiental do Paraná (IAP), por volta das 20h30.

Policiais o abordaram ao ver que usava um dichavador e, de pronto, se identificou como sendo capitão da Polícia Militar (PM). Ele carregava 48 gramas em um saco plástico e mais 5 em outro. Encaminhado para a 1ª Companhia da Polícia Militar Ambiental, o capitão assinou TC e foi liberado.

Polícia Militar

A Polícia Militar informou à Banda B que não compactua com desvios de conduta por parte de policiais e que abrirá sindicância para apurar os fatos.