Câmeras de segurança de um estabelecimento comercial em frente à Praça da Espanha, em Curitiba, registraram o momento do suposto confronto entre Polícia Militar (PM) e o jornalista Andrei Gustavo Orsini Francisquini, 35 anos, na madrugada do último domingo (12). Na versão da polícia, o motorista foi visto manuseando arma de fogo dentro de um veículo Corsa branco e reagiu à abordagem. A família nega, dizendo que Francisquini jamais teve contato com uma arma de fogo.

 

As imagens mostram (abaixo) o momento em o veículo do jornalista dobra à esquerda, sentido Praça da Espanha, e logo em seguida aparecem viaturas da PM. Clarões no vídeo mostram os disparos vindos das viaturas. O conteúdo será analisado.

O rapaz foi atingido por vários tiros em um suposto confronto policial na madrugada deste domingo (12). O automóvel foi apreendido e recolhido ao pátio do 3º Distrito Policial de Curitiba. O caso é investigado pela Corregedoria da PM. Já a Polícia Civil informou que, se for verificado que a competência não é exclusiva da Justiça Militar, irá instaurar inquérito para apurar a ocorrência.

O que diz a PM

Leia abaixo a nota da PM na íntegra sobre o que aconteceu na Praça da Espanha:

Conforme registro em Boletim de Ocorrência, em patrulhamento pela Avenida Vicente Machado uma equipe policial viu um homem manuseando arma de fogo dentro de um veículo corsa branco e tentou abordá-lo, mas o motorista não acatou a ordem de abordagem, e arrancou com o veículo de maneira brusca. A equipe policial iniciou, então, um acompanhamento tático. Na fuga o carro colidiu com um veículo Voyage e continuou fugindo.