Uma mulher foi presa com 57,5 kg de maconha por policiais militares depois que um cão farejador sentiu o cheiro de maconha vindo de sua casa na tarde desta quinta-feira (10), no bairro Iguaçu, em Fazenda Rio Grande, Região Metropolitana de Curitiba. A prisão da suspeita, de 43 anos, aconteceu momentos depois de uma denúncia anônima.

“Estávamos patrulhando o bairro quando um cidadão nos abordou e disse que percebeu uma movimentação estranha em uma esquina próxima a nós”, explicou o tenente Hoiser, da Companhia de Operações com Cães (COC), do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope).

Foto: Colaboração

Já no endereço apontado, a cadela Raika indicou que sentia o cheiro de maconha vindo de uma residência e a equipe decidiu contatar os moradores: “Uma mulher estava na casa e a abordamos. No interior, encontramos 57,5 kg de maconha”.

Ainda de acordo Hoiser, a suspeita, após receber voz de prisão, disse que a droga seria de seu filho e que não sabia do paradeiro dele.

Ela foi encaminhada à Delegacia da Fazenda Rio Grande.