Um bar localizado em Itaperuçu, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), foi fechado pela prefeitura após uma confusão generalizada, no final da noite do último domingo (23). Vídeos obtidos pela Banda B mostram o momento em que acontecem diversas agressões entre os envolvidos e quando a Polícia Militar (PM) chega para acalmar os ânimos de todos. Tiros chegaram a ser disparados no estabelecimento, segundo testemunhas. Pai e filho foram presos.

bar itaperucu fechado
Bar é fechado após confusão generalizada com agressões e tiros em Itaperuçu; pai e filho foram presos. Foto: Reprodução/Colaboração Banda B

Leila Paulo, proprietária do bar, contou o que aconteceu em entrevista à Banda B. Segundo ela, o espaço é voltado ao entretenimento do público da terceira idade, mais velho, com músicas e danças. Apesar disso, ela ressaltou que pessoas mais jovens também costumam aparecer no local.

O pessoal estava se divertindo. O clima estava muito bom no domingo. Foi quando chegaram o pai e o filho, que nunca foram ao bar, mas me cumprimentaram porque eu já conhecia ambos. Eles elogiaram o local por conta do bom movimento e ambiente. Continuei atendendo com as outras meninas porque o movimento estava grande.

Leila Paulo, proprietária do bar.

De repente, diz a mulher, começou uma discussão e uma briga. O pai e o filho mencionados participavam do caso. O rapaz, que é adolescente, segundo Leila, estava armado.

Ele arrancou o revólver. O espaço é aberto, mas a gente nunca imagina que alguém vá ao local armado. Deu dois tiros para cima, para o teto; efetuou outro disparo contra a porta. Foi quando começaram a se bater.

Leila Paulo, proprietária do bar.

A confusão, conforme mostra o vídeo desfocado para preservar a identidade de pessoas não envolvidas, mostram uma pessoa sendo agredida no chão.

A PM foi acionada por uma vizinha. No boletim de ocorrência, documento que a Banda B teve acesso, nota-se que a “solicitante relatou que ouviu disparos de arma de fogo no (…) bar”. O pai falou, aponta a polícia, que o agrediram com socos. O homem confirmou ter efetuado um disparo para cima com o objetivo de inibir as agressões que estava sofrendo.

Equipe no local, obteve êxito em abordar o veículo suspeito apontado por transeuntes. No veículo, dois indivíduos, pai e filho foram identificados, e na busca veicular foi encontrado um revólver com cinco munições intactas. Foi dada voz de prisão ao autor do disparo, e o filho dele começou a xingar a equipe policial e agir com agressividade, cometendo desacato. Filho e pai foram conduzidos à DP para providências. Arma e munições foram apreendidas.

texto do BO da ocorrência feito pela PM; documento que a Banda B teve acesso.

Leila completou ao dizer que objetos do bar, como cadeiras e mesas, também foram utilizados pelos envolvidos na confusão generalizada em Itaperuçu. Ela ainda lamentou o grande prejuízo sofrido e o constrangimento provocado às pessoas, que não tinham nada a ver com o caso, mas o presenciaram.

Foi um bate-boca, do nada. Não teve um motivo real para acontecer. Na hora que vi, pai e filho estavam conversando comigo no balcão e, ao virar para o lado, ambos já tinham começado a briga.

Leila Paulo, proprietária do bar.

Prefeitura fecha bar

A proprietária lamentou o fato do seu bar ter sido fechado. Ela chegou a dizer que estabelecimentos sofreram com casos piores, relatando até situações ligadas a homicídios, para ressaltar seu ponto de vista.

Mataram outras pessoas, em outros bares, mas não tivemos consequências alguma. Por que só o meu bar? Por que só o meu bar? Os vizinhos reclamam do barulho, mas será que nos outros lugares não temos reclamações? Será que não é politicagem ’em cima de mim’? Gastei R$ 100 mil para montá-lo. Tenho clientes que frequentam o bar aos finais de semana, nunca me disseram terem visto nada. O único caso foi esse e acabou repercutindo de uma maneira desproporcional. O meu nome foi para a lama e isto não é justo.

Leila Paulo, proprietária do bar.

O que diz a Prefeitura de Itaperuçu?

A Banda B tenta contato com a Prefeitura de Itaperuçu para obter um posicionamento sobre a situação envolvendo este bar. O espaço está aberto.



Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Vídeos: bar é fechado após confusão generalizada com agressões e tiros em Itaperuçu; pai e filho foram presos

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.