Por Denise Mello e Danaê Bubalo

assalto chacara1Produtos levados da chácara foram recuperados – Foto: Danaê Bubalo/Banda B

Um assalto em Bocaiúva do Sul, na localidade de Santo Antônio, terminou com quatro homens e uma mulher presa na noite desta quarta-feira (18). Segundo informações da Polícia Militar, dois homens armados invadiram uma chácara por volta das 17 horas e renderam a família que mora no local. A dupla fugiu levando o veículo das vítimas e diversos produtos avaliados em mais de R$ 20 mil.

Dois homens armados entraram na residência e renderam toda a família. Bastante violentos, eles reuniram o grupo em um dos cômodos e começaram a recolher diversos objetos. Na sequência, fugiram com o carro da família.

Já no período da noite, por volta das 21h30, equipes da ROTAN do 22º batalhão encontraram o veículo roubado em frente a uma residência na Rua das Orquídeas, no bairro Monte Castelo, município de Colombo, na região metropolitana de Curitiba. Dentro do carro estavam quatro homens. Eles não reagiram e, ao serem questionados, levaram os policiais até uma casa próxima. Na casa, uma mulher cuidava de todo material que havia sido roubado. Na estante, uma granada estava exposta como enfeite e foi recolhida pelos policiais.

Os quatro homens e a mulher foram presos em flagrante e encaminhados até a delegacia do Alto Maracanã. Os indivíduos não foram identificados, mas segundo a polícia já são conhecidos do sistema prisional. “Pelo menos um já tem passagem pela polícia. Dois dos quatro homens foram reconhecidos pelas vítimas, mas acreditamos que os outros dois davam cobertura ao assalto”, informou o Tenente Lima.

A família vítima do assalto esteve na delegacia e, além de reconhecer dois dos quatro presos, também recuperou os produtos que haviam sido levados, entre eles televisores e máquinas de cortar grama. Alguns produtos não foram reconhecidos e, por isso, a polícia acredita que o grupo já tinha feito outros roubos. “Vários produtos estão na delegacia do Alto Maracanã e por isso pedimos que pessoas que tenham sido vítimas de assaltos na região venham até aqui para verificar se são donas de alguns desses objetos”, disse o tenente.