O dono de uma oficina mecânica do bairro Umbará, em Curitiba, teve uma surpresa negativa na manhã desta quinta-feira (11). Quando chegava para o trabalho, Jonathan Kuzma encontrou o espaço arrombado e percebeu que vários objetos fundamentais para seu trabalho haviam sido furtados. Em uma análise preliminar, ele constatou um prejuízo que pode chegar aos R$ 40 mil. E, se não bastasse isso, mensagens irônicas foram pichadas dentro da oficina, que causaram a revolta dele e dos demais funcionários.

Em entrevista à Banda B, Jonathan comentou que a oficina prepara carros para competições, como as de arrancada e alguns produtos bastante caros foram levados. “De longe já foi possível perceber que a porta estava aberta. Assim que entramos, percebemos as paredes pichadas, tudo estava revirado”, lamentou.

Entre os produtos furtados, estão eletrônicos que estavam dentro dos veículos e ferramentas. Carros, troféus de competição e fotos foram pichadas pelos criminosos. Questionado sobre possíveis câmeras de segurança no local, o dono da oficina confirmou que elas e o aparelho de gravação também foram levados.

Kuzma afirma que nem mesmo foi possível fazer limpeza do espaço, já que ele aguarda a realização de uma perícia. “Queremos ver se é possível recuperar pelo menos alguma coisa. É difícil, mas vamos tentar”, disse.

A oficina fica localizada na Rua Antônio Tortato, que é uma via de chão batido e pouca movimentação de pessoas, o que pode ter facilitado a ação por parte dos bandidos.

Mensagens irônicas

Além do roubo, os criminosos deixaram mensagens que revoltaram o proprietário. Uma foi feita ao lado de uma moto e diz: “Dei um rolê, tá top”. Já outra dizia: “Foi mal kkk”.

O dono da oficina comenta que as peças são específicas e ele divulgou para vários colegas para evitar a receptação.

Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), que passa a investigar o caso.