Por Luiz Henrique de Oliveira e Roberto Romanowski

agrimaqEmpresário morreu no assalto (Foto: Lysa Bissoni – Portal de Araucária)

O assalto a empresa Agrimaq, de implementos agrícolas, localizada na Rodovia do Xisto, acabou em morte na noite desta quarta-feira (12), no Centro de Araucária, na região metropolitana de Curitiba. Segundo testemunhas, cinco homens armados entraram no local, por volta das 18h, pegaram o dinheiro do caixa e, antes de irem embora, mataram um dos donos da empresa, identificado como Mauro Luiz Tezaro. A informação é que o empresário não reagiu e foi “morto por pura maldade”.

“Chegou cinco piazada, bem jovens, todos armados, e colocaram nós de joelho. Ameaçaram e, na hora saída, por não acharem mais dinheiro, atiraram contra o Tezaro. Tomara que agora as câmeras peguem estes caras”, afirmou Clodoaldo dos Santos, um dos funcionários da empresa. “Nós fomos agredidos também, eles foram extremamente agressivos”, descreveu

Os suspeitos chegaram a pé e teriam fugido em um Celta preto que dava cobertura. Eles saíram da loja com R$ 1 mil que estava no caixa. “Eu posso garantir que não houve reação. O tiro foi dado na cabeça para matar. Acho que ficaram inconformados porque queriam mais dinheiro”, concluiu o trabalhador.

Socorristas do Siate foram acionados, mas nada pôde ser feito pelo empresário, que morreu no local. O clima era de tristeza e revolta com o que aconteceu. Ele deixa esposa e filhos.

Investigação

Ninguém das Polícias Militar e Civil falou sobre o caso. Imagens de câmeras de segurança da empresa devem ser usadas para identificar os suspeitos de cometerem o latrocínio (roubo seguido de morte).