Uma auxiliar administrativa teve o carro furtado enquanto trabalhava e toda a ação, que durou menos de dois minutos, foi flagrada por câmaras de segurança (assista abaixo) na tarde da última sexta-feira (11), no Bacacheri, em Curitiba.

O crime aconteceu em frente ao Colégio Estadual Leôncio Correia, que fica na rua Costa Rica. Segundo a vítima, o uso do carro para se locomover ao trabalho era uma forma de se proteger da Covid-19. “Achei muito audacioso da parte deles praticar um crime desta forma e não se importarem nem com as câmeras”, disse.

A auxiliar, conforme relatado, viu o carro sendo furtado. “Deixei estacionado ali e quando estava indo embora, me locomovendo até o carro, vi que tinha um rapaz parado próximo a ele. Mas não pensei que fosse o meu carro até porque existem muitos iguais. Só depois que ele saiu que vi que era a minha placa”, explicou. O suspeito correu para dentro do veículo quando viu Emanuele.

 

 

Para ela, os criminosos não fizeram nenhum esforço para praticar o crime. Vizinhos disseram à vítima que este é o terceiro caso parecido que acontece na região.

Após o furto, a vítima ligou para a polícia e foi emitido o alerta de roubo. O seguro foi acionado.

Na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, Emanuele tentou prestar queixa por volta das 19h30, mas foi informada que o expediente já havia sido encerrado. No dia seguinte, após as 9h da manhã, conseguiu fazer o Boletim de Ocorrência.