Por Denise Mello e Djalma Malaquias

biaritucladoAtropelamento aconteceu na Avenida Sete de Setembro com a Travessa da Lapa – Foto: Banda B

Início de quinta-feira (20) violento no Centro de Curitiba. Na Avenida Sete de setembro, esquina com a Travessa da Lapa, uma ciclista foi atropelada por um biarticulado e, na mesma avenida, um pouco antes, os socorristas do Siate encontraram um morador de rua morto, após ter sido espancado com socos e pontapés.

O atropelamento aconteceu por volta das 6 horas. Segundo o motorista do biarticulado da linha Santa Cândida, Ademir dos Santos, a jovem de cerca de 25 anos, seguia pela Sete de Setembro e não viu quando o ônibus fez a conversão. “Eu estava no sinal fechado, parado na Sete de Setembro, e quando fui fazer a conversão ela não parou e bateu no ônibus. Ela vinha pela contramão e não prestou atenção que eu ia virar. Foi um susto. A mulher podia ter caído embaixo do veículo e morrido. Sorte que tinha acabado de sair do semáforo e estava a 20 ou 30 km/h. Estou muito triste. trabalho há 30 anos como motorista e nunca tinha atropelado ninguém”, contou o motorista.

A ciclista foi encaminhada para o hospital com escoriações pelo corpo, mas sem risco de morte.

Morte por espancamento

Também na Avenida Sete de Setembro, na mesma região, um morador de rua foi encontrado morto pelos socorristas do Siate. “Ele estava embaixo de uma marquise com ferimentos em crânio e já sem vida. Um homem de cerca de 40 anos que, segundo contaram aqui, foi espancado com chutes e socos por dois amigos. Não pudemos fazer nada”, disse o socorrista Emerson.

O corpo do homem sem identificação foi encaminhado ao Instituto Médico legal.