Sérgio Renan Cordeiro, de 25 anos, foi preso em flagrante acusado de homicídio – Foto: Colaboração Banda B

Um homem foi preso pela Polícia Militar no início da madrugada deste domingo (17), momentos após matar o marido de sua tia, em Campina da Barra, Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba. Celso de Paula Ribas, de 28 anos, estava em casa, na Rua Celso Silva, quando o agressor, que é sobrinho da esposa dele chegou. Após uma breve discussão, o autor deu cerca de nove facadas em Ribas, que não resistiu e morreu.

De acordo com o perito Elmir, do Instituto de Criminalística, as facadas foram em órgãos vitais. “Ele sofreu nove facadas que perfuraram pulmão e uma veia de grosso calibre no pescoço. Foram pontos certeiros em órgãos vitais com uma faca de cozinha de cerca de 40 centímetros, sendo 23 centímetros de lâmina”, afirmou.

A motivação para o assassinato seria uma dívida antiga de R$ 2 mil por conta do tráfico de drogas. O autor do crime, Sérgio Renan Cordeiro, de 25 anos, foi preso minutos após o crime na casa do sogro. O sargento Sumocoski, do 17º Batalhão da Polícia Militar, comentou que Cordeiro confessou o crime e que fez isso depois que teve a mãe ameaçada de morte pela vítima.

“Ainda enquanto a vítima recebia socorros do Siate, familiares nos contaram que o autor seria sobrinho da esposa dele. Fomos até a casa de parentes e o encontramos na casa do sogro. No início ele negou o crime, mas enquanto fazíamos buscas na casa ele tentou pular o muro para fugir e foi preso. Acabou confessando e disse que fez isso para não morrer porque estava sendo ameaçado pela vítima. Ele disse também que temia que a mãe fosse morta pelo homem. Os dois já estiveram presos juntos”, afirmou o sargento.

O autor foi encaminhado a Polícia Civil de Araucária. Ele será indiciado por homicídio qualificado.