Por Juliano Cunha e Elizangela Jubanski

Um vidraceiro foi assassinado a tiros na casa em que morava em Piraquara,na região metropolitana de Curitiba, na noite de segunda-feira (13). Identificado como Eliseu Carlos Dias, a vítima tinha 36 anos e morava em uma casa de fundos, na avenida Betonex, no Jardim Holandês. O atirador não foi encontrado pela polícia e há inicialmente havia suspeita de que o crime fosse entre parantes, o que foi negado pela família.

No local, moradores contaram aos investigadores da delegacia do município que, momentos antes do crime, Elizeu teve uma discussão com um rapaz, que resultou em socos e pontapés. O motivo – segundo os moradores – seria um acerto de contas em função de um trabalho realizado e que ainda não teria sido pago. No entanto, a família diz que a vítima não brigou com ninguém, estava sentado e foi baleado na cabeça sem ter nenhum envolvimento.

A suspeita é que esse rapaz, após a briga, tenha voltado ao local, armado, para assassinar o homem. As versões serão investigadas pela Polícia Civil de Piraquara. O corpo do homem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.