Dezenas de árvores foram cortadas ilegalmente, na manhã da última sexta-feira (24), na praça Bino e na extensão da avenida Conde Matarazzo, em Antonina, no Litoral do Paraná. No episódio, o secretário de Meio Ambiente do município, Eliseu Jujuba, chegou a ser ameaçado e o caso revoltou a população.

 

 

A Secretaria de Meio Ambiente do município recebeu denúncia sobre os cortes e se deslocou até o local, onde confirmou as informações. A pedido do secretário, os cortes cessaram. Porém, um homem chegou ao local dando ordens para que os cortes prosseguissem e fez ameaças ao secretário.

“Chegou um cidadão mandando eles continuarem com o serviço, alegando que seria o dono da propriedade e que eles poderiam fazer o que bem queriam ali. Ele ainda fez uma ameaça a minha pessoa, insinuando que já era a segunda vez que eu atravessava o caminho dele e que comigo ele conversaria depois, além de fazer menção a algum objeto embaixo da camisa”, conta o secretário.

 

Boletim de ocorrência

Diante disso, Jujuba registrou um boletim de ocorrência e retornou ao local com a Polícia Militar, mas encontraram somente as árvores derrubadas e constataram que os executores já haviam deixado o local.

No final da tarde, um advogado teria ido até a Procuradoria-Geral do Município pedindo autorização para retirar os galhos que haviam sido cortados, o que foi negado por Jujuba. “Eu não autorizei pelo fato deles não terem pedido autorização anterior para o corte”, explicou.

A Prefeitura de Antonina informou o fato aos órgãos ambientais e está entrando com representação junto ao Ministério Público para que se tomem as providências cabíveis. Fiscais do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) devem analisar os estragos provocados no local, nesta terça-feira (28), e junto com a Polícia Ambiental decidir as possíveis punições para os infratores.

O desrespeito ao meio ambiente causou grande comoção e indignação na comunidade antoninense e gerou grande volume de manifestações de repúdio nas redes sociais. A sociedade civil se colocou a disposição para ajudar no replantio de árvores no local.