Por Elizangela Jubanski e Djalma Malaquias

O jovem Lucas Rosa dos Santos, 21 anos, foi morto a pauladas na manhã desta quarta-feira (8), em Campo Magro, na região metropolitana de Curitiba. O autor dos golpes foi o amigo dele, preso logo após pela polícia, caminhando pela região, em suposto estado de choque.

A família está bastante abalada e os pais de Santos contaram que ele e o amigo estavam de volta há apenas três dias. “Minha esposa que soube e me avisou, eu estava chegando do hospital, eu faço fisioterapia. Ele estava aqui fazia uns três dias, eles bebiam, eram colegas, andavam juntos, mas nunca imaginamos que isso ia acontecer”, disse o pai Antônio Santos.

Eles moram na zona rural do município, na localidade de Ervalzinho, na Rua 1. “Ele matou meu filho e ficou por aqui, zanzando, parecia estar ‘fora da casinha’, de repente começou a andar, estava bem maluco”, completou o pai.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e a cerca de cinquenta metros prendeu o suspeito, identificado apenas como Juliano. Ele andava, sem rumo, não reagiu à prisão e poderia estar em estado de choque.