Um advogado, de 32 anos, que seria funcionário da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), foi preso em flagrante com maconha, na rua Para, no bairro Água Verde, em Curitiba. A prisão aconteceu no início da noite desta segunda-feira (1).

(Foto: Daniela Sevieri/Banda B)

De acordo com o cabo Campos, da Rone (Rondas Ostensivas de Natureza Especial), a equipe fazia patrulhamento por conta de várias roubos de veículos relatados na região, quando se deparou com um forte cheiro de maconha. “Quando passamos próximos de dois indivíduos perto de uma caminhonete, sentimos um forte odor de maconha. Eles ficaram bem nervosos com a chegada da viatura e por isso decidimos fazer a abordagem”, disse o cabo.

Os dois suspeitos confessaram o consumo do entorpecente e em vistoria na caminhonete foram encontrados cerca de 50 gramas da droga.

“Fizemos a vistoria no veículo de propriedade do advogado, que disse ter um cargo comissionado na Alep, e encontramos a droga de um valor bem alto. Segundo ele, cada 20 gramas valeria em torno de mil reais. Ele ainda confirmou que tinha feito a venda da droga para o indivíduo que estava com ele”, afirmou Campos.

O advogado foi preso e o outro indivíduo envolvido também foi levado à Central de Flagrantes como testemunha.