Por Felipe Ribeiro

Três semanas após uma tentativa de fuga ser contida, adolescentes do Educandário São Francisco renderam um servidor e o agrediram no final da tarde desta terça-feira (11) em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. Segundo informações que chegaram até a Banda B, a situação ocorreu após o banho de sol na ala sete, e foi praticada pelos mesmos adolescentes que haviam tentado fugir anteriormente. Percebendo a situação, os demais servidores conseguiram evitar que algo pior acontecesse.

Segundo relato à Banda B, o educador teria sido rendido com armas improvisadas e submetido a uma série de humilhações, sendo obrigado ainda a se ajoelhar contra a parede enquanto cada um apoiava o pé na nuca dos agentes. Um dos agentes chegou a ter uma faca mantida contra o pescoço.

Em nota, o a Secretaria da Justiça e da Cidadania do Estado do Paraná informou que diante dos fatos, cabe esclarecer que: os adolescentes movimentaram uma ação contra o educador, mas no mesmo momento outros educadores entraram e retiraram os objetos e contiveram os adolescentes. “Ressalto que o educador não foi rendido. Nem o educador, nem os adolescentes apresentaram ferimentos. O caso foi enviado para conselho disciplinar”, diz a nota.