Uma adolescente de 17 anos foi morta a tiros dentro de casa na madrugada desta segunda-feira (28), em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana de Curitiba. A identidade da vítima, assim como a idade, foram apurados de maneira preliminar. O atirador deixou o local e foi atrás de uma segunda vítima, um rapaz de 25 anos. Crime teria sido cometido pela mesma pessoa e motivação, segundo informações preliminares. A Polícia Civil investiga.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a adolescente teria ouvido a chamarem pelo nome no portão de casa, na rua Áustria, no bairro Nações, e saiu para atender, já de camisola. “Chamaram essa mulher, ela atendeu, e então eles cometeram o crime, a princípio de pistola. Depois saíram de lá e foram cometer outro crime, pelo que tudo indica. São dois crimes em locais diferentes, mas cometidos pelo mesmo ocupante do mesmo carro, que já foi repassado para a Civil. Foram disparos de arma de fogo nos dois locais”, descreveu o tenente Deiverson.

O segundo crime foi cometido na rua Turquia, mesmo bairro. Segundo a PM, também de maneira preliminar, o jovem seria namorado da adolescente. A Polícia Civil foi acionada e já está investigando o caso. Até as 9 horas, nenhum familiar teria reclamado o corpo das vítimas no Instituto Médico Legal (IML) de Curitiba.

IML

O fim de semana registrou o total de 15 mortes violentas no IML de Curitiba, da noite de sexta-feira (25) até o início da manhã de hoje (28). Desse total, onze foram assassinados, uma pessoa morreu vítima de queda, outra de enforcamento e dois casos estão na dependência de exames complementares que possam indicar a causa da morte.