Policial ferido e foragido foram atendidos no Hospital do Trabalhador – Foto: banda B

Uma denúncia feita pelo fone 190 da Polícia Militar levou uma equipe da PM para atender um caso de pertubação do sossego por um grupo de jovens no bairro Hauer, em Curitiba, no início da manhã desta quarta-feira (15). A denúncia era de bagunça generalizada na Rua João Soares Barcelos, mas também falava que havia uso de drogas. Na abordagem, os policiais revistaram o grupo, mas um dos jovens acabou tentando fugir e foi pego adiante, não sem antes morder o braço de um dos policiais. Ele e o PM foram para o Hospital do Trabalhador por causa de ferimentos.

De acordo com informações apuradas no hospital, junto à PM, Julio Gomes Cardoso, de 25 anos, estava com o grupo que fazia algazarra na calçada quando foi abordado pela PM. Os amigos foram liberados, mas Cardoso primeiro teria dado um nome falso. Bastante nervoso, os policiais desconfiaram e descobriram que ele era foragido do sistema penitenciário acusado de furtos e roubos. Quando viu que sua identidade havia sido descoberta, o rapaz siau correndo. Ele foi apanhado pelos policiais algumas quadras depois e, na hora da imobilização, acabou mordendo o braço do PM. Na confusão, Cardoso também se feriu.

Já com voz de prisão, o foragido foi levado para o Hospital do Trabalhador para receber atendimento médico, assim como o PM, que levou alguns pontos no braço. Os dois também fizeram exames para verificar o risco de alguma contaminação.

Cardoso está sendo encaminhado para a delegacia e deve voltar para a prisão.