(Foto: Reprodução)

 

Um sargento da Polícia Militar (PM) foi afastado do cargo após ser flagrado por câmeras de segurança agredindo a ex-namorada dentro da farmácia onde ela trabalha. O caso aconteceu na noite do último sábado (12) em Paranaguá, no Litoral do estado.

Nas imagens, é possível ver o momento em que o homem puxa a mulher pelo cabelo e discute com ela. Em seguida, ele a empurra para o canto – onde a câmera não alcança – e um rapaz tenta intervir e separar os dois, mas acaba sendo empurrado pelo agressor.

Em outra gravação, a vítima aparece atrás do balcão, enquanto o policial grita e atira vários produtos contra ela. Uma funcionária pede para que ele pare, mas o ex-namorado continua com as agressões.

O caso é investigado pelo Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) de Paranaguá, que também cuida de casos de violência contra a mulher. Sobre o caso, a Polícia Civil (PC) informou que a vítima e as testemunhas já foram ouvidas na delegacia, o que deve auxiliar o andamento do inquérito.

Ainda de acordo com a PC, as medidas de proteção à mulher, segundo a Lei Maria da Penha, já foram solicitadas à Justiça para manter o agressor distante da vítima.

Nota da PM

Procurada, a PM confirmou que o policial foi afastado das funções operacionais e teve a arma de fogo da Corporação recolhida. “A Unidade abriu um procedimento para apurar as circunstâncias do ocorrido. A PM não compactua com desvios de conduta de seus integrantes e quando há comprovação legal, adota os canais de saneamento e correição, observados os direitos da ampla defesa e do contraditório para qualquer Militar estadual”, finalizou a nota.

Vídeo

Assista ao vídeo abaixo: