Neste sábado (25/5), oito unidades de saúde de Curitiba estarão abertas para vacinação, das 8h às 12h, cobrindo todos os quadrantes da cidade. O atendimento estará disponível nas unidades Xapinhal e Sambaqui (no distrito sanitário Bairro Novo); Vitória Régia (distrito sanitário CIC); Fanny Lindoia (distrito sanitário Pinheirinho), São Braz (distrito sanitário Santa Felicidade); Moradias Santa Rita (distrito sanitário Tatuquara); São Domingos e Uberaba de Cima (distrito sanitário Cajuru).

Foto: Valdecir Galor/SMCS

Além de oferecer todas as vacinas do calendário para todas as idades (confira aqui o calendário completo), as oito US também disponibilizarão a vacina da gripe para as pessoas que ainda não se imunizaram e fazem parte do grupo prioritário definido pelo Ministério da Saúde (veja a lista abaixo).

Cerca de 232 mil pessoas que fazem parte deste público ainda não compareceram às unidades de saúde de Curitiba para a imunização. Até o dia 21/5, foram aplicadas 303 mil doses da vacina da gripe, considerando desde o início da campanha, em 10/4. A campanha da gripe encerra na próxima sexta-feira (31/5) e é oferecida de segunda à sexta-feira em 110 unidades de saúde.

 


Unidades de Saúde que abrem neste sábado (25/5) para vacinação, das 8h às 12h:

Unidade de Saúde Xapinhal (Rua Elbe de Macedo, s/nº, Sítio Cercado)

Unidade de Saúde Sambaqui (Rua Roberto Dala Barba, 44, Sítio Cercado)

Unidade de Saúde Vitória Régia (Rua Paul Garfunkel, s/n, esquina com Cyro Correia Pereira, Cidade Industrial)

Unidade de Saúde Fanny Lindoia (Rua Conde dos Arcos, 295, Lindóia)

Unidade de Saúde São Braz (Rua Antonio Escorsin, 1960, São Braz)

Unidade de Saúde Moradias Santa Rita (Rua Adriana Ceres Zago Bueno, 1350, Tatuquara)

Unidade de Saúde São Domingos (Rua Ladislau Mikosz, 149, Cajuru)

Unidade de Saúde Uberaba de Cima (Rua Capitão Leônidas Marques, 1392, Uberaba)

 


Público-alvo da campanha da gripe

– Puérperas (mães com bebês de até 45 dias)

– Idosos com 60 anos ou mais

– Gestantes

– Crianças entre 6 meses e menores de 6 anos

– Profissionais de Saúde

– Professores da rede pública e privada

– Doentes crônicos ou outras condições clínicas especiais, como:

Doença respiratória crônica (asma, insuficiência respiratória e problemas pulmonares graves)

Doença cardíaca crônica (problemas graves no coração, pressão alta junto com outras doenças)

Problemas graves nos rins ou fígado 

Diabetes

HIV/Aids

Obesos (grau III)

Transplantados

Doenças neurológicas graves e/ou que afetem o sistema respiratório

Trissomias, como síndrome de Down, Klinefelter, Wakany