Ouça a reportagem completa:

Hospital de Curitiba aposta em tecnologia de última geração para diagnóstico de melanoma pelo SUS
O dermatoscópio digital de última geração faz o exame chamado de mapeamento de pintas (Foto: Acervo Hospital Evangélico Mackenzie)

Acompanhe o conteúdo em áudio e texto:

O relato é da assistente comercial Carla Viana. Nos exames de rotina, a mulher descobriu o diagnóstico de melanoma no rosto, um tipo de câncer de pele. Ela não imaginava que uma pinta fosse tão perigosa.

O monitoramento da doença segue por toda a vida. Por isso, Carla será a primeira paciente a usar um equipamento de ponta adquirido pelo Hospital Universitário Evangélico Mackenzie (HUEM), em Curitiba, para detectar o melanoma. O dermatoscópio digital de última geração faz o exame chamado de mapeamento de nevos (pintas), como explica a supervisora do Ambulatório de Dermatoscopia e Mapeamentos de Nevos do HUEM, Michele Tokarski.

O melanoma tem origem nas células produtoras de melanina e é mais frequente em adultos brancos. Ele pode aparecer em qualquer parte do corpo, na pele ou mucosas, na forma de manchas, pintas ou sinais. É o tipo mais grave de câncer de pele, mas se detectado na fase inicial tem alto índice de cura.

Diante disso, é que o novo equipamento do Hospital Evangélico se torna tão importante. E tem um detalhe: pacientes encaminhados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) podem passar pelo exame. A máquina é a única deste tipo em Curitiba.

A tecnologia também chega para ser aliada dos residentes, que têm a possibilidade de aprender a operar o equipamento qualificando a formação médica.

Franciane Moura Ostroski faz especialização no hospital e comemora a chegada do equipamento.

A Carla Viana, que você conheceu no início desta reportagem, está mais tranquila sabendo que pode monitorar a doença com mais segurança.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Hospital de Curitiba aposta em tecnologia de última geração para diagnóstico de melanoma pelo SUS

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.