O governador de São Paulo, João Doria, recebeu na manhã desta sexta-feira (18/12) um lote com dois milhões de doses da Coronavac, enviado pela farmacêutica chinesa Sinovac.

A expectativa do Instituto Butantan, que produz a vacina em parceria com a Sinovac, é de ter 46 milhões de doses do imunizante no início do próximo ano.

Foto: Fábio Vieira/Metrópoles

No último dia 3, o Butantan recebeu 600 litros de matéria-prima, suficientes para produzir cerca de um milhão de doses. Antes, em 19 de dezembro, o instituto já havia recebido 120 mil doses prontas.

Mais insumos e doses prontas devem chegar nos próximos dias.

 Para ler a matéria completa no portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.