Da Agência Estadual de Notícias

O Governo do Paraná anunciou nesta quarta-feira (25) o repasse de R$ 29,5 milhões para 36 entidades e hospitais de pequeno porte do estado. Os recursos devem ser utilizados para custeio, obras e equipamentos dos locais.

REPASSE RECURSOS A HOSPITAIS DE PEQUENO PORTE NO ESTADO(Foto – Antonio Costa/ANPr)

A medida, explicou o governador, é uma forma do Governo do Estado apoiar unidades hospitalares importantes para os municípios e que geralmente enfrentam dificuldades financeiras para se manter em razão da baixa taxa de ocupação dos leitos e a baixa complexidade dos serviços oferecidos.

Na terceira fase do HospSus, serão beneficiados os hospitais com menos de 50 leitos e também as unidades municipais que fazem o atendimento de urgência e emergência.

O Estado passou do 10º para o 3º lugar no ranking de transplantes em todo o território nacional, de acordo com dados do Ministério da Saúde. O avanço foi possível, graças às medidas do governo estadual para acelerar o processo de doação, por meio de profissionais altamente capacitados, de uma rede de saúde com infraestrutura adequada e da frota aérea estadual utilizada para transporte.

Ampliação de leitos

Lançado em 2011, o programa HospSus mudou a lógica de relação entre o Governo do Estado e os prestadores de serviços do Sistema Único de Saúde (SUS) e possibilitou a ampliação de leitos gerais, leitos de UTI neonatal, pediátrica e de adulto em todo o Paraná.

A primeira fase do programa priorizou investimentos em 51 hospitais de referência para suas regiões. Com investimentos em educação permanente, custeio, obras e equipamentos, esses hospitais se tornaram base para a implantação das Redes Paraná Urgência e Mãe Paranaense.

A segunda fase, lançada em maio de 2013, beneficiou hospitais e maternidades essenciais para a rede de atenção materno-infantil. Assim, 82 maternidades recebem incentivos para qualificar o parto e garantir assistência adequada às gestantes de risco intermediário e risco habitual. O programa permitiu diversos avanços, entre eles a redução da mortalidade materna em 40% e da mortalidade infantil em 10%.

Nesta terceira fase, os pequenos hospitais receberão recursos de custeio e capital e terão metas específicas de qualificação para cumprir. O presidente da Fundação de Saúde Santo Antônio dos Trabalhadores Rurais de Guaraniaçu, Lourenço Pietrobon, uma das entidades que assinaram o convênio, afirma que os recursos vêm em boa hora para a manutenção do hospital.

“Assumimos uma entidade falida e tem sido sempre uma luta manter o hospital funcionando. Por isso esse convênio é tão importante, pois vem para desafogar nossas contas para que possamos atender melhor à população”, disse ele. O hospital conta com 46 leitos conveniados ao SUS.

Para o prefeito de Chopinzinho, Leomar Bolzani, o apoio do Governo do Estado vai ajudar na sustentação do programa de urgências e emergências do município. “A iniciativa vem ao encontro daquilo que pensamos ser o melhor para a saúde pública do município, que é um atendimento de qualidade, pensando principalmente nas famílias que não têm recursos para pagar uma consulta e exames particulares”, afirma.

O prefeito de Sabaudia, Edson Hugo Manueira, também destaca a importância de investimentos na área da saúde por parte do governo estadual. O município receberá recurso de R$ 543 mil para a reforma do Pronto Socorro. “O dinheiro vai ajudar toda a nossa comunidade. Vamos investir na melhoria da infraestrutura do prédio, que está bem precária, e garantir um melhor atendimento à população”, ressaltou.

Confira os repasses

Custeio:

Guaraniaçu – Hospital Santo Antonio

Palmas – Prefeitura

Assaí – Hospital Municipal

Piên – Hospital Municipal

Londrina – Hospital do Câncer de Londrina

Chopinzinho – Prefeitura

Almirante Tamandaré – Prefeitura

Bandeirantes – Santa Casa de Bandeirantes

Francisco Beltrão – Associação regional do Sudoeste

Coronel Vivida – Prefeitura

Mandaguaçu – Prefeitura

Obras:

Figueira – Hospital Municipal

Tapira – Pronto-atendimento

Francisco Alves – Pronto atendimento

Tuneiras do Oeste – Hospital Municipal

São José da Boa Vista – Hospital Municipal

Ivatuba – Hospital Municipal

Ribeirão Claro – Santa Casa de Ribeirão Claro

Sabáudia – Pronto-Atendimento Amaral

Lupionópolis – Hospital Municipa

Faxinal – Hospital Municipal

Primeiro de Maio – Hospital Municipal

São Jerônimo da Serra – Hospital Municipal

Terra Roxa – Hospital Municipal

São Miguel do Iguaçu – Prefeitura

Rio Branco do Sul – Hospital Municipal

Jaguapitã – Hospital Municipal

Assis Chateubriand – Prefeitura

Equipamentos:

Rio Branco – Hospital Municipal

Ibema – Hospital Municipal

Kaloré – Hospital Municipal

Pitanga – Prefeitura

General Carneiro- Prefeitura

Santa Izabel do Oeste – Prefeitura

Iporã – Prefeitura

Peróla – Prefeitura