Uma pesquisa feita pelo Instituto Leônidas & Maria Deane (ILMD)/Fiocruz Amazônia identificou mais quatro linhagens do coronavírus no estado.

Segundo o instituto, as linhagens circularam na Dinamarca, Colômbia, no Reino Unido e País de Gales, e ainda não tinham sido reconhecidas em nenhuma amostra coletada para sequenciamento genético em outras partes do país. Até o momento, 30 linhagens diferentes do Sars-CoV-2 foram identificadas no Brasil.

 

Diagnóstico laboratorial de casos suspeitos do novo coronavírus (2019-nCoV), realizado pelo Laboratório de Vírus Respiratório e do Sarampo do Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz), que atua como Centro de Referência Nacional em Vírus Respiratórios para o Ministério da Saúde