Há três anos, com a pandemia de Covid-19, passamos a entender a necessidade e a importância dos psicólogos. Neste sábado (27), no Dia do Psicólogo, a celebração da data vem com o alerta de que os números de atendimentos por depressão vêm aumentando e os profissionais começaram a trabalhar cada vez mais. 

Foto: Pixabay/Arquivo.

No Paraná, foram registrados 78 mil diagnósticos de depressão em 2021, um aumento de 30% em relação aos números de 2019, antes da pandemia, quando foram registrados 60 mil atendimentos. Em 2020, no começo da pandemia, foram 70 mil. 

Em Curitiba, em 2021, foram registrados 11.091 atendimentos por depressão no Caps – Centro de Atenção Psicossocial. Em 2022, nos primeiros seis meses, já somaram 6.483 atendimentos.

Atuação psicológica 

Segundo Roseli Hauer, professora de psicologia, o nicho profissional do psicólogo cresceu muito no cenário pós-pandemia devidos ao aumento de situações de incerteza e insegurança social, como é o caso de dificuldades financeiras, instabilidade no estilo de vida das pessoas em relação ao trabalho, família, relacionamentos e saúde. 

“Pessoas que perderam parentes e amigos precisam recompor suas rotinas, vivenciar o processo do luto, recompor suas rotinas de trabalho no caso dos adultos, estudos para os jovens e crianças. Saber conviver com as sequelas emocionais e físicas das perdas é um constante aprendizado, vivenciado de forma individual, afinal cada um têm um ritmo próprio para ligar com suas questões. É preciso ter paciência e acolhimento das pessoas para que elas retomem às suas vidas com bem-estar e qualidade mental”. 

A professora do curso de psicologia explica que as mudanças na sociedade refletiram inclusive nas instituições de classe que tiveram de se reestruturar para atender as demandas da população, inclusive no modelo digital, face a necessidade de distanciamento social. 

“O próprio Conselho Regional de Psicologia ampliou a visibilidade do modelo de atendimento à distância que já existia antes da pandemia de Covid-19 e depois ganhou mais notoriedade (com as teleconsultas por chamadas de vídeo) ampliando o acesso da população ao serviço de saúde mental com os atendimentos psicológicos”.

Serviço à população

Em Curitiba, uma opção para a população que busca atendimento psicológico com preço acessível é a Faculdade Herrero. O atendimento, realizado por estudantes, tem a supervisão dos professores.

As consultas são agendadas no horário de segunda a sexta-feira, das 17h20 às 21h20, conforme disponibilidade de agenda dos estudantes. Interessados devem agendar o atendimento pelo telefone (41) 3016-1930 e passar por uma triagem gratuita.

As consultas são realizadas nas instalações da faculdade, que fica na Rua Álvaro Andrade, 345, no bairro Portão, em Curitiba.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Dia do Psicólogo: Paraná teve aumento de 30% dos diagnósticos de depressão com a pandemia

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.