Os casos graves de dengue subiram 196,7% em 2024 na comparação com o ano passado, segundo boletim do Ministério da Saúde divulgado ontem.

Desde o início do ano até o último sábado (17), as contaminações graves no país foram 7.575. No mesmo período de 2023, esse número foi de 2.553. A quantia atual é quase três vezes maior que a registrada no ano passado.

Aedes Aegipti, mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zica vírus. Foto: Agência Senado

Os casos prováveis saltaram de 165.839 para 688.461. Nessa contabilização, o Ministério da Saúde não especifica quantos foram, de fato, confirmados, e quantos foram descartados.

Nas sete primeiras semanas de 2024, 122 pessoas morreram por dengue. No ano passado, os óbitos registrados foram 118 no mesmo período.

Veja a lista de casos graves por estado em 2024

Distrito Federal: 1.502
São Paulo: 1.189
Minas Gerais: 1.158
Paraná: 965
Goiás: 846
Rio de Janeiro: 707
Espírito Santo: 291
Bahia: 285
Santa Catarina: 247
Mato Grosso: 102
Rio Grande do Sul: 91
Mato Grosso do Sul: 34
Piauí: 27
Amazonas: 24
Pará: 15
Pernambuco: 15
Ceará: 14
Maranhão: 12
Rio Grande do Norte: 12
Alagoas: 10
Tocantins: 10
Sergipe: 6
Paraíba: 5
Rondônia: 5
Amapá: 2
Roraima: 1
Acre: 0

Veja a lista de mortes por estado em 2024

Distrito Federal: 35
Paraná: 21
Minas Gerais: 20
São Paulo: 13
Santa Catarina: 8
Goiás: 7
Rio de Janeiro: 4
Rio Grande do Sul: 4
Bahia: 3
Espírito Santo: 3
Mato Grosso: 2
Amapá: 1
Paraíba: 1
Acre: 0
Alagoas: 0
Amazonas: 0
Ceará: 0
Maranhão: 0
Mato Grosso do Sul: 0
Pará: 0
Pernambuco: 0
Piauí: 0
Rio Grande do Norte: 0
Rondônia: 0
Roraima: 0
Sergipe: 0
Tocantins: 0

COMO SE PROTEGER

A dengue é transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti. Por isso, a melhor forma de evitar a transmissão é combater a proliferação do inseto. Para isso, o importante é eliminar possíveis locais de armazenamento de água como manter a caixa d’água fechada e encher até a borda os pratos das plantas com areia.

Colocar no lixo todo objeto não utilizado que possa acumular água também é uma recomendação dos especialistas. Além disso, é preciso manter as calhas limpas e não deixe água acumulada sobre a laje.

É importante também usar repelente.

QUAIS OS SINTOMAS DA DENGUE

Febre alta;
Dor no corpo e nas articulações;
Dor atrás dos olhos;
Mal-estar;
Dor de cabeça;
Manchas vermelhas no corpo.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Casos graves de dengue no Brasil crescem 196% em relação a 2023, diz Saúde

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.