O Brasil chegou a 1.020 mortes por dengue nesta quarta-feira (3), de acordo com o Painel de Monitoramento das Arboviroses do Ministério da Saúde. O país tem mais 1.531 óbitos em investigação e 2.671.332 casos prováveis da doença contabilizados em 2024. Durante todo o ano passado, o país registrou 1.079 mortes por dengue.

Na terça feira (2), durante entrevista a jornalistas, o Ministério da Saúde afirmou que o Brasil vive um momento de declínio da epidemia de dengue. Em sete estados e no Distrito Federal, o pico já foi atingido e a curva da doença é agora decrescente. Outras 12 unidades da federação estão em estabilidade. Mas sete estados, especialmente do Nordeste, têm tendência de aumento de casos e óbitos.

dengue
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Os estados em tendência de alta dos casos são Alagoas, Bahia, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Sergipe.

A queda, considerada consolidada pela pasta, ocorre no Acre, Amazonas, Espírito Santo, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Piauí e Roraima.

Estão em estabilidade Amapá, Ceará, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Paraná, Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Rondônia, Rio Grande do Sul e Tocantins.

Até esta quarta, o estado de São Paulo contabiliza 198 mortes confirmadas por dengue e 383 em investigação. São 410.944 casos confirmados da doença.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Brasil chega a 1.020 mortes por dengue; Saúde fala em declínio da doença

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.