A Objetiva Serviços Terceirizados Ltda., empresa responsável pelo fornecimento da merenda escolar de São José dos Pinhais (SJP), na região metropolitana de Curitiba, informou que a partir desta quinta-feira (07) a alimentação será reestabelecida em todas as creches, escolas rurais e escolas municipais.

A reportagem da Banda B entrou em contato com a Prefeitura de SJP, que ainda não respondeu se as aulas serão retomadas nesta quinta-feira ou se seguirão suspensas.

ATUALIZAÇÃO: Após empresa garantir retorno da merenda, Prefeitura anuncia retomada das aulas em todas as escolas de SJP

criancas-almocando-na-escola-primaria
Imagem ilustrativa – Freepik

Todas as 60 escolas municipais e 44 Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) de SJP tiveram as aulas suspensas nesta quarta-feira (6). A medida é efeito dos problemas relacionados à falta de merenda nas unidades educacionais.

Segundo a Prefeitura, os impactos na distribuição de alimentos nas escolas e CMEIs provocaram a antecipação do conselho de classe nas unidades. “Inicialmente programada para sexta-feira, 8 de dezembro, a reunião pedagógica será realizada nesta quarta-feira (6), medida excepcional que resultou na suspensão das atividades escolares de hoje”, informou anteriormente a administração à Banda B.

Na terça-feira (5), pelo menos 20 escolas e 44 CMEis tiveram as aulas suspensas devido à falta de comida, e os pais e responsáveis foram comunicados que deveriam buscar as crianças nas unidades.

Os alunos já haviam ficado sem merenda na sexta-feira (1º), dia em que a nova empresa contratada para realizar o serviço deu início às atividades. A Objetiva Serviços Terceirizados Ltda. e a prefeitura assinaram um contrato em caráter emergencial no último dia 23 — sob o custo de R$ 24 milhões —, e o período de prestação de serviços é de 105 dias letivos.

Plano de ação

A Objetiva informou ter apresentado um plano de ação para resolver a falta de merenda nas escolas e CMEIs. O documento foi solicitado pela própria Prefeitura. Além disso, o Ministério Público do Paraná (MPPR) expediu uma recomendação administrativa para que São José dos Pinhais reestabeleça imediatamente o fornecimento de merenda escolar aos alunos da rede municipal de educação.

A empresa destacou que “tais problemas não são resultantes de culpa exclusiva ou dolo desta prestadora de serviços, mas de fatos exorbitantes ao controle da empresa”. A Objetiva também informou que colocou 28 veículos de transporte a seu serviço, além de 44 profissionais dedicados à entrega de refeições. Diz ainda que 470 funcionários estariam em rotinas de 24 horas, na cozinha, divididos em 3 turnos, e nas escolas.

Em meio aos problemas relacionados à falta de merenda, o secretário municipal de Educação de São José dos Pinhais, Aldrian Matoso, renunciou ao cargo. Não se sabe ainda quem ocupará o cargo deixado por ele.

CPI

A Câmara Municipal de São José dos Pinhais instalou uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a falta de merendas na cidade. O anúncio foi feito pelo presidente da Casa, Allax Siqueira (PTB), na terça-feira (5).

O documento aprovado traz informações sobre a recente falta de merenda nas escolas e CMEIs, além da ausência de uniformes e transporte, assim como obras e reparos e vagas nas creches. A CPI será composta por cinco vereadores.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Empresa garante que alimentação será reestabelecida em todas as escolas de SJP nesta quinta-feira

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.