A Renault do Brasil comemorou, nesta segunda-feira (04), 25 anos de operação no Brasil. A solenidade aconteceu no complexo Ayrton Senna em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba (RMC), onde a montadora francesa está instalada desde 1998 e contou com a presença do presidente da república em exercício Geraldo Alckmin, além do governador Ratinho Junior, entre outras autoridades.

Para celebrar a data, o presidente da Renault no Brasil, Ricardo Gondo, anunciou um novo SUV, voltado ao segmento C. O investimento chega aos R$ 2 bilhões.

whatsapp_image_2023-12-04_at_17.06.35_1
Foto: Jonathan Campos/AEN

“Esse novo SUV será fabricado aqui no complexo Ayrton Senna. É um veículo completamente novo e será o segundo produzido no Brasil como parte do ‘Renault International Game Plan'”, disse Gondo.

Impostos

A Reforma Tributária prevê incentivos fiscais para montadoras de veículos no Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país. A renúncia, válida até 2032, deve provocar uma renúncia fiscal estimada em R$ 6 bilhões ao ano.

A medida, no entanto, não contempla as montadoras do sul e sudeste do Brasil. O CEO da Renault na América Latina, Luiz Fernando Pedrucci, cobrou isonomia para o setor.

“Quer seja em escala global, quer seja em escala local, desequilíbrios de condições de competidores geram incertezas e sempre são nocivos ao ambiente de negócios, mas principalmente impedem o pleno desenvolvimento do mercado. Nós da Renault não temos medo de competição, mas a competição deve ser justa”, defendeu o CEO.

Alckmin

Geraldo Alckmin anunciou um novo programa de incentivo para a indústria na ordem de 3 bilhões de reais.

“Nós estamos lançando nos próximos dias um programa de mais de 3 bilhões de reais de incentivo com redução de PIS, COFINS e IPI, exatamente para fortalecer a indústria, a inovação e a sustentabilidade”, revelou o presidente em exercício.

Ratinho Junior disse que a Renault é um dos grandes cartões de visita da indústria paranaense.

_rs_0425
Foto: Gabriel Rosa/AEN

“A Renault é um grande cartão de visita do Paraná. Através da Renautl nós conseguimos conquistar outras indústrias e consolidamos o Paraná como o segundo maior polo automotivo do país”, destacou o governador.

A Renault em São José dos Pinhais gera 5.300 empregos diretos, sem contar outras centenas de postos indiretos.

A prefeita do município Nina Singer enalteceu a importância da fábrica para a cidade.

“Acreditam na nossa agente há 25 anos, apostaram na terra das araucárias e do povo trabalhador. Essa união transformou e tem transformado a trajetória do nosso município”, disse Singer.

Nesses 25 anos, a Renault já fabricou cerca de 3 milhões de veículos na fábrica da RMC.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Com a presença de Geraldo Alckmin, Renault anuncia R$ 2 bilhões para produção de novo SUV na fábrica de SJP

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.