A Prefeitura de Campo Magro começou a instalar câmeras de videomonitoramento em diversos pontos da cidade. O programa, batizado de Cidade Segura, vai monitorar 25 locais, focando inicialmente nas entradas e saídas do município, e deve começar a funcionar em 30 dias.

campo magro
Foto: Divulgação

“Nosso objetivo é cercar a cidade com monitoramento aumentando a segurança para nossos cidadãos. Essas câmeras contam com tecnologia de superzoom e integração de diversos serviços públicos. Ou seja, a ideia é realizar o monitoramento de ocorrências em tempo real, 24 horas por dia, em diversos pontos estratégicos da cidade”, afirma o prefeito Cláudio Cesar Grande.

O Plano Municipal de Segurança Pública de Campo Magro teve início em 2017. De lá para cá, duas fases já foram realizadas: a primeira que contemplou quase 3 mil pontos com novas lâmpadas de LED na iluminação pública da cidade, e a segunda com a implantação da Guarda Municipal através da realização de concurso público para contratação de 12 agentes.

Agora, a terceira fase contempla o projeto Cidade Segura, um compilado de soluções modernas de tecnologia de inteligência artificial fornecidas pelo Sistema Iris que facilitam e auxiliam o trabalho do setor de segurança da região. Na prática, foram instaladas 25 câmeras de segurança em pontos estratégicos que serão monitoradas 24 horas por dia pela Guarda Municipal de Campo Magro.

“O monitoramento inteligente integrado com as forças de segurança certamente trará inúmeros benefícios para a população de Campo Magro. Equipes qualificadas da Guarda Municipal atuarão na central de monitoramento acompanhando em tempo real as ocorrências e fazendo uma varredura em todos os limites do município”, complementa o prefeito.

Como funciona o Cidade Segura?

As 25 câmeras que estão sendo instaladas na cidade de Campo Magro possuem tecnologia de superzoom e podem atuar fazendo reconhecimento de veículos. Ou seja, as câmeras possuem um sistema que consegue ler todas as placas de carros, por exemplo, e auxiliar na busca e apreensão de casos de roubos e furtos. Além disso também podem realizar busca por características como placa e cor e assim auxiliar em algum caso de mandado em aberto, por exemplo.

A ideia é que além de trazer benefícios como a inibição de alguns crimes como abandono de animais e descarte irregular de lixo, esses equipamentos também auxiliem na resolução de crimes relacionados a veículos e ainda no auxílio de investigações policiais.

O lançamento do programa Cidade Segura deve ocorrer nos próximos 30 dias e junto também deve ser apresentado o app Cidade Segura, para que o cidadão possa fazer e acompanhar o chamado das forças de segurança do município.

O projeto Cidade Segura é uma solução do Sistema Iris e já está presente em inúmeras cidades do Brasil monitorando e protegendo mais de 1 milhão de patrimônios em todo o País. No Paraná pode ser visto em Colombo, Pinhais, Matinhos, Tijucas do Sul, União da Vitória, Quitandinha, Contenda, Campo do Tenente, Almirante Tamandaré e em breve em Campo Magro.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Campo Magro prepara sistema de monitoramento com câmeras para coibir criminalidade

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.