O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) prometeu esforços políticos para ajudar a Argentina a se recuperar economicamente. Mas uma longa reunião do chefe de Estado brasileiro com o colega argentino, Alberto Fernández, nesta terça-feira (2), terminou sem solução para questões financeiras entre os dois países.

Lula sempre procurou manter Brasil como parceiro próximo da Argentina. Foto: Igo Estrela/Metrópoles

A pauta principal da reunião, que começou pouco depois das 17h, seguiu pelo jantar e terminou por volta de 21h30, foi econômica. Lula queria propor a Fernández uma linha de crédito para que a Argentina compre produtos brasileiros.

A ideia é que fosse criada uma espécie de “crédito de exportação”, um financiamento às empresas brasileiras que vendem para empresas argentinas que importam serviços e mercadorias do Brasil. O país vizinho está atrasando pagamentos a esses exportadores brasileiros.

Para ler a matéria completa do Portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui

Para assistir ao vídeo da fala de Lula clique aqui

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

“Vou fazer todo e qualquer sacrifício para ajudar a Argentina”, diz Lula ao lado de Alberto Fernández

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.