O vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, oficializou nesta quinta-feira (2) a filiação ao Partido Social Democrático (PSD), legenda do governador Ratinho Junior. A entrada dele no partido aproxima, ainda mais, o governo estadual e a prefeitura de Curitiba.

(Foto: Divulgação)

Pimentel afirmou que a filiação aconteceu agora apenas para cumprir com os prazos legais, pois o momento não é de falar sobre política. “O momento não é para falar de política. A filiação só aconteceu nesse momento para atender ao prazo legal de filiações deste ano que é no dia 4 de abril”, explicou o vice-prefeito da capital.

Ele ainda agradeceu a confiança do governador e defendeu a integração das ações de Curitiba e do Paraná no combate ao coronavírus. “Quero agradecer muito a confiança do governador Ratinho Junior, mas o momento agora é de focarmos no coronavírus e de total integração do governo e da prefeitura nas ações de combate”, disse Pimentel.

A entrada de Pimentel foi avalizada pelos principais integrantes do PSD Paraná, tem ainda o apoio o vice-governador Darci Piana e do deputado estadual e líder do governo na Assembleia Legislativa, Hussein Bakri.

Leprevost

(Foto: Banda B)

Até então, o pré-candidato do PSD à prefeito de Curitiba é o atual secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost. Ele deve deixar o Governo em junho para reassumir seu mandato de deputado federal e disputar as eleições municipais.

Em entrevista à Banda B, no dia 12 de fevereiro deste ano, Leprevost deixou claro que “espera e deseja” o apoio do governador Ratinho Junior para assumir o cargo.

A reportagem da Banda B procurou Leprevost para comentar a entrada de Pimentel no partido, mas não conseguiu contato.