Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) suspendeu temporariamente ação da operação Lava Jato que investiga suposto pagamento de propina ao ex-presidente Lula da Silva (PT).

A decisão foi tomada nessa quinta-feira (24/12) pelo vice-presidente do TRF-4, o desembargador federal Luís Alberto D’Azevedo Aurvalle, que atendeu pedido da defesa de Lula.

Foto: Juca Varella/Agência Brasil

O montante de R$ 4 milhões, segundo os investigadores, teria sido repassado pela empresa Odebrecht entre dezembro de 2013 e março de 2014 por meio de quatro doações ao Instituto Lula.