O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), segue tentando quebrar a resistência do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e dos servidores públicos em relação à reforma administrativa, que mexe com as carreiras no funcionalismo público.

 

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

 

Mesmo sem a proposta em mãos, o parlamentar afirmou, nesta terça-feira (18/8), que o objetivo da reforma não é reduzir o tamanho do Estado.

“Não estamos aqui falando em reduzir o tamanho do Estado, mas a qualidade do serviço público é fundamental”, afirmou Maia, na 21ª Conferência Anual Santander.

Clique aqui para ler a matéria completa no Portal Metrópoles, parceiro da Banda B.