(Foto: Antônio Nascimento – Banda B)

 

O governador eleito do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), pretende reduzir de 28 para 15 o número de secretarias durante o seu mandato. A decisão foi anunciada durante uma entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (20) para apresentar o plano de governo vigente a partir de 2019.

De acordo com ele, a redução deve poupar R$ 3,9 milhões por mês aos cofres públicos. “Um estudo preliminar indica que cada uma das 13 secretarias cortadas vai proporcionar uma economia de R$ 300 mil, que são usados atualmente na parte administrativa. A ideia é investir esse dinheiro na área operacional”, disse o governador eleito.

Ele afirmou ainda que, em uma segunda etapa, a ideia é rever como ficará a arquitetura organizacional das autarquias e empresas públicas do estado. “Algumas podem ser extintas e outras talvez agrupadas, com o objetivo de dar mais envergadura para institutos que precisam ser fortalecidos. Devemos inclusive mexer no corpo técnico, que está defasado em muitos locais. Já em um terceiro momento, vamos modernizar os núcleos regionais do estado”, completou Ratinho Júnior.

Segundo ele, os R$ 3,9 milhões mensais poupados com a redução do número de secretarias serão injetados em políticas públicas. “O dinheiro vai para a melhoria da merenda, reformas em escolas e para projetos, como o ‘Escola Segura’, por exemplo, que deve levar policiais da reserva para atuar na porta dos colégios”, afirmou.

Durante a coletiva, Ratinho Júnior disse que vai cortar ‘regalias’ utilizadas pelos governadores anteriores. Entre elas, estão o jato alugado para o chefe do Executivo estadual e o leilão da chácara de Canguiri, localizada em Quatro Barras, na região metropolitana de Curitiba.

“A chácara por muitos anos serviu para atender a família do governador, mas agora será leiloada. Nós vamos implantar ali um colégio agrícola 4.0, já que somos os maiores produtores de hortifrutigranjeiros aqui na região metropolitana, e estamos crescendo também no campo do alimento orgânico”, concluiu.

Secretariado

Confira abaixo a lista de secretarias mantidas pelo governo e os seus respectivos secretários ou secretárias:

Secretaria de Estado da Fazenda – Renê de Oliveira Garcia Júnior

Secretaria de Pasta do Planejamento – Valdemar Bernardo Jorge

Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – o deputado estadual Márcio Nunes (PSD);

Secretaria de Agricultura – Norberto Ortigara, coordenador de campanha de Ratinho Jr;

Nova secretaria de Gestão Pública – o ex-ministro Reinhold Stephanes

Secretaria da Saúde – o atual prefeito de Apucarana, Beto Preto

Secretaria de Meio Ambiente – Márcio Nunes

Secretaria Casa Civil – Guto Silva

Secretaria de Infraestrutura e Logística – Sandro Alex

Secretaria de Comunicação social – Hudson José

Secretaria do Trabalho e da Justiça – Ney Leprevost

Secretaria da Educação – Renato Feder

Secretário de Segurança Pública – General Luiz Felipe Carbonell

Delegado Geral da Polícia Civil – Silvio Jacob Rockembach

 Comando geral da PM/PR – Coronel Péricles de Matos

Chefe do gabinete Militar da Governadoria – Major Welby Pereira Salles

Procuradora Geral do Estado – Letícia Ferreira da Silva

Presidência da Sanepar – Cláudio Stabile

Presidência Copel – Daniel Slavieiro Pimentel

Presidência Agência Paraná de Desenvolvimento – Eduardo Bekin

Presidente BRDE – Wilson Bley

Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) – Jorge Lange

DER – Coronel João Alfredo Zampieri

APPA – Luiz Fernando Garcia da Silva

Presidente Celepar – Alan Costa

Controlador Geral – Raul Siqueira