O governador Ratinho Junior e os secretários da Casa Civil, Guto Silva, e da Saúde (Sesa), Beto Preto, se reuniram nesta sexta-feira (10) com técnicos da vigilância da Sesa para avaliar os primeiros resultados do decreto que impõe medidas mais restritivas de circulação em 141 municípios do Paraná. Não foi definido se o decreto será prorrogado e uma nova reunião com técnicos da Saúde deve acontecer na terça-feira (14). As medidas restritivas determinadas pelo decreto estão vigentes há dez dias.

Foto: José Fernando Ogura/ANPr

A evolução dos casos no Paraná deve ficar perto da projeção otimista durante esses 14 dias. No entanto, alguns dados ainda preocupam e a orientação é pelo aumento do isolamento social neste final de semana, especialmente nos 134 municípios das regionais de Cascavel, Cianorte, Cornélio Procópio, Região Metropolitana de Curitiba, Londrina, Foz do Iguaçu e Toledo e nos sete que compõem o Litoral.

Os técnicos da Saúde farão avaliações diárias até a próxima terça-feira (14) e apresentarão um novo panorama ao governador.

Boletim

A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta sexta-feira 2.063 novas confirmações e 47 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná soma 39.064 casos e 961 mortos em decorrência da doença.

INTERNADOS – 800 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados hoje. 644 pacientes estão em leitos SUS (242 em UTI e 402 em leitos clínicos/enfermaria) e 156 em leitos da rede particular (57 em UTI e 99 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 1.046 pacientes internados, 521 em leitos UTI e 525 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.