Primeiros grupos de profissionais da saúde do estado de São Paulo devem ser vacinados contra o novo coronavírus na segunda semana de dezembro, segundo o governador João Doria.

(Rovena Rosa/Agência Brasil)

 

O estado receberá as primeiras 5 milhões de doses da vacina ainda em outubro até que a Secretaria de Saúde e o Ministério da Saúde aprovem o fármaco imunizante.

Doria afirma, ainda, que até 31 de dezembro o estado receberá mais 46 milhões de doses, chegando a 60 milhões em 28 de fevereiro. “Já fizemos negociações com o Ministério da Saúde para a compra de mais 40 milhões de doses da vacina”.