O presidente da Câmara Municipal de Curitiba, Sabino Picolo (DEM), testou positivo para Covid-19 e está em recuperação em casa, com sintomas leves, como febre e fadiga. “Estou bem, em casa, mantendo o isolamento. Peço orações, pensamentos positivos e que todos se cuidem”, disse.

Foto: Divulgação Câmara de Curitiba

Picolo teve os primeiros sintomas na última terça-feira à noite (1) e foi avaliado por médicos já na quarta (2) pela manhã. Fez a coleta de material e o diagnóstico positivo saiu no início da noite de sexta-feira (4). Conforme atestado médico, Picolo ficará afastado por duas semanas.

Nesse período, será substituído interinamente pelo vice-presidente do Legislativo, Tito Zeglin (PDT). Durante a pandemia, a Câmara Municipal de Curitiba manteve o seu funcionamento ao realizar sessões virtuais. Em 2020, foram 102 sessões plenárias, sendo 82 de forma remota (leia mais).

Sabino Picolo é o quarto vereador de Curitiba a contrair a Covid-19. Em setembro, a vereadora Noemia Rocha (MDB) foi hospitalizada com comprometimento pulmonar. No dia 20 de outubro, o decano da CMC, Jairo Marcelino (PSD), não resistiu às complicações da doença e faleceu aos 77 anos.

Já Cristiano Santos (PV) segue internado na UTI com uso do ventilador para controle da respiração. Segundo informações da assessoria do vereador, ele “tem apresentado pequenos e contínuos progressos e atualmente encontra-se sem sinais de esforço respiratório e com redução dos medicamentos”.

“A equipe médica do Hospital Vita diariamente fala com a família para atualizar sobre o progresso do tratamento de combate ao Covid-19. Assim, desde já, agradecemos a atenção desses valorosos profissionais que fazem isso com a família do Cristiano e de todos os pacientes na mesma situação”, diz a nota emitida sobre o estado de saúde de Santos, na última sexta-feira (4).