Pesquisa Ibope divulgada no começo da noite deste sábado (14) aponta que o candidato à reeleição para a Prefeitura de Curitiba, Rafael Greca (DEM), será eleito no primeiro turno. De acordo com o levantamento encomendado pela Rede Paranaense de Comunicação (RPC), Greca tem 56% das intenções de votos válidos, o que consolidaria a vitória já neste domingo (15).

Divulgação

O levantamento aponta o deputado estadual Goura (PDT) na segunda posição, com 11%.

Na sequência aparecem Fernando Francischini (PSL), com 8%; João Arruda (MDB), 5%; Christiane Yared (PL), 4%; Carol Arns (Podemos), 4%; Dr. João Guilherme (Novo), 3%; Professor Mocellin (PV), 2%; Paulo Opuszka (PT), 2%; Marisa Lobo (Avante), 1%; Zé Boni (PTC), 1%; Letícia Lanz (PSOL), 1%; Camila Lanes (PC do B), 1%.

Professora Samara (PSTU), Diogo Furtado (PCO) e Eloy Casagrande (Rede) não pontuaram na pesquisa.

Os votos válidos são aqueles em que brancos, nulos e indecisos são retirados da conta. É assim que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) faz a definição do eleito. Como o candidato pode ser eleito no primeiro turno se obtiver 50% mais um dos votos válidos na apuração oficial, a eleição de Curitiba pode ser encerrada neste domingo.

Estimulada

Na pesquisa estimulada, que é aquela em que os nomes dos candidatos são apresentados ao eleitor e são considerados brancos, nulos e indecisos, temos o seguinte cenário:

Rafael Greca (DEM): 48%

Goura (PDT): 10%

Fernando Francischini (PSL): 7%

Christiane Yared (PL): 4%

João Arruda (MDB): 4%

Carol Arns (Podemos): 3%

Dr. João Guilherme (Novo): 3%

Marisa Lobo (Avante): 1%

Paulo Opuszka (PT): 1%

Professor Mocellin (PV): 1%

Zé Boni (PTC): 1%

Camila Lanes (PC do B): 1%

Professora Samara (PSTU): 0%

Letícia Lanz (PSOL): 0%

Diogo Furtado (PCO): 0%

Eloy Casagrande (Rede): 0%

Branco ou nulo: 8%

Não sabe ou prefere não opinar: 7%

O Ibope ouviu 805 eleitores da cidade de Curitiba, entre os dias 12 e 13 de novembro. A pesquisa foi encomendada pela Sociedade Rádio Emissora Paranaense S.A. / TV Paranaense, Rede Paranaense. A margem de erro do levantamento é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o número PR-05712/2020.