O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silvafoi denunciado pela força-tarefa da Lava Jato no Paraná pela quarta vez. O Ministério Público Federal, em denúncia protocolada na sexta-feira (11), acusa o ex-presidente de lavagem de dinheiro da Odebrecht por meio de doações para o Instituto Lula.

(José Cruz/Agência Brasil)

 

A Procuradoria afirma que foram pagos para o Instituto Lula entre 2013 e 2014 R$ 4 milhões debitados de uma espécie de “conta-corrente” de propina com origem em obras na Petrobras na época dos governos petistas.

Tese similar foi apresentada nos demais processos em que Lula virou réu no Paraná. É a quarta vez que o ex-presidente é alvo de denúncia no estado. Ele foi condenado em dois processos –do tríplex de Guarujá e do sítio de Atibaia– e aguarda em liberdade o julgamento de recursos.

Também é réu na Justiça Federal no Distrito Federal e em São Paulo.