A sessão do Supremo Tribunal Federal (STF) marcada para as 14h desta quinta-feira (16) abreviou os trabalhos no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fazendo com que o julgamento das ações contra o senador Sergio Moro (União Brasil) fosse suspenso. Só deu tempo do ministro Floriano Marques fazer a leitura do relatório — que é um resumo de todo o processo.

26166512-high
Senador Sergio Moro Foto: Ton Molina /Fotoarena/Folhapress

O caso será retomado na próxima terça-feira (21) e, segundo o presidente da Corte Eleitoral, ministro Alexandre de Moraes, será encerrado já que a sessão começará as 19h e será o item único na pauta de votação. A sessão será reiniciada com a sustentação oral dos advogados do PT, do PL, autores das ações em julgamento, e do defensor de Sergio Moro, para em seguida ser lido o parecer do Ministério Público Eleitoral que já se manifestou contrário à cassação do ex0juiz da Lava Jato.

Havia uma expectativa de que toda esta fase já fosse cumprida nesta quinta, mas como havia outros processos na pauta e a sessão do STF no início da tarde, o julgamento foi suspenso — já que ministros do STF compõe também o colegiado no TSE.

Para ler a matéria completa no Blog Politicamente, parceiro da Banda B, clique aqui.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Julgamento de Moro no TSE é suspenso e será retomado na semana que vem

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.